A Hespanha e Portugal, luctando braço a braço com o inimigo da , conquistando cada dia um palmo de terra, assentando hoje o arrayal no campo onde hontem ainda se entrincheiravam os contrarios, aquecendo-se agora á fogueira que ha pouco era almenára moirisca, levantando a cruz por sobre o crescente, transformando a mesquita em templo christão, e regando o solo com o sangue dos seus mais predilectos filhos, Portugal e a Hespanha luctavam, e luctavam sós, contra todo o immenso poder dos islamistas.

Estendeu um facto particular de certas provincias, a existencia das populações mosarabicas, a todo o paiz; e, transformando esse phenomeno puramente social em phenomeno ethnologico, fez dos mosarabes uma raça distincta, cuja profunda espontaneidade, apesar de prematuramente suffocada, se revelou em criações sentimentaes, que o snr.

E dir-vos-hei das aves larga historia: As penas, qu'em su'alma se soffrêrão, Nas azas lhes ficárão por memoria; E aquelle altivo e leve movimento Lhes ficou do voar do pensamento. O doce rouxinol e a andorinha, Donde lhes veio o ir-se transformando, Senão do puro amor que o Thracio tinha, Qu'em poupa ainda a amada vai chamando?

Com a alma a contorcer-se n'um supplicio: Se eu visse esta mulher entregue ao frio atroz, O craneo sem ter luz, a bôca sem ter voz, Ó Deus, entoaria, agradecido a ti, Uma canção igual aos psalmos de David, Transformando o meu peito em grande tabernaculo! Mas vive: ha de ser minha! Hei de vencer o obstaculo!

Tanto emfim, por seu damno se perdeo, Que o longo imaginar em seu tormento, Em desatino Amor lh'o converteo. Oh forçoso vigor do pensamento, Que póde em outra cousa estar mudando A fórma, a vida, o siso, o entendimento! Está-se hum triste amante transformando Na vontade daquella, que tanto ama, De si a propria essencia transportando.

Olhae a quanto a crua dor obriga! Por vingar-se, assi irada transformando O foi em pedra. Oh dura confusão! Despois lhe pezaria; mas em vão. Olhae, Nymphas, as árvores alçadas, A cuja sombra andais colhendo flores, Como em seu tempo forão namoradas; Do qu'inda agora o tronco sente as dores.

Com effeito, em quanto se não viu, por um lado, na humanidade um todo vivo, cujos movimentos são determinados por leis naturaes e constantes, embora complexas e obscuras, e, por outro lado, no individuo, dentro da humanidade, uma força, não caprichosa, mas coherente, embora livre, e cujas manifestações são todas respeitaveis e legitimas, tendo todas a sua razão de ser e o seu valor; em quanto, sobretudo, se não comprehendeu que os momentos da historia não são contradictorios entre si, mas representam varios termos d'uma serie por onde o espirito humano, ascendendo, se affirma, transformando em parte as condições do meio em que se move, e em parte subordinando-se a ellas, e que, por isso, esses momentos não devem tanto ser julgados como comprehendidos; em quanto este ponto de vista, ao mesmo tempo idealista e scientifico, se não estabeleceu a historia critica, intima, psychologica, era impossivel, e impossivel tambem a philosophia da historia.

O papel politico de George Canning na historia britannica e na do mundo avulta tanto aos olhos da posteridade, porque na verdade foi decisiva a sua acção e grandiosa a sua obra, que consistiu particularmente em garantir a autonomia completa de um Continente, para isto transformando a politica externa da Inglaterra, creando o seu isolamento, e pondo cobro ás allianças austriacas cultivadas por Castlereagh em obediencia ás suas inclinações pessoaes e no intuito diplomatico de fazer frente ás ambições russas.

Offerece-me muito, disse o caçador, visto poder vender uma parte da caça que matarmos, e então com o senhor que atira tão bem ou melhor do que eu!... Mas estou doente, e não tenho as infatigaveis pernas d'outros tempos; e muitos dias deixaremos de matar por causa d'ellas. Durante aquelle dia, Ernesto, Mauricio e Petra occuparam-se em arrumações, transformando a sala em atelier para o pintor.

E pendendo por cima da corrente, Outro formoso bosque debuxando Estão no fundo della brandamente. Ouve-se o rouxinol aqui, lembrando Do perfido cunhado a crueldade, Mágoas em melodias transformando. A solitaria rôla com soidade Desfaz o rouco peito, ja cansada De que não move a morte a piedade. A domestica Progne anda banhada No sangue de seus filhos, em vingança Da triste Philomela profanada.