Ia enfraquecendo pouco a pouco até desfallecer quasi de todo no ultimo verso, mas então a voz vibrava de novo com aspereza, e era quasi uma gargalhada infernal, de desafio ao Eterno, o grito ironico com que voltava a cantar os seguintes versos: Co'a vossa santa colera, raio que fere e brilha, ao impio que se humilha não fulmineis, Senhor!

Elle, o maganão, o seductor, o adultero, o perverso, elle tem vivido sempre e sempre impune, sempre ironico, sempre chasqueador, sempre rapaz, sempre diabo. Com mil granadas! Que sublime ratão...

Se me não engano, é o Eleuterio do Romão. Para servir a v. excdisse Eleuterio com tres mesuras de cabeça exageradas Sou eu para servir a v. excFernão inclinou um olhar ironico sobre o hombro da filha, e disse com um mal represo frouxo de riso: Aqui tens o marido da morgadinha da Fervença. Mafalda escassamente lançou um olhar ao sujeito, e baixou os olhos com gesto de notavel commoção.

Quando o banqueiro viu a extranha offerta disse n'um tom ironico e orgulhoso, «A vida d'um poeta é pobre e incerta! Mais mesquinho o seu pranto angustioso! Comtudo, como a fome vil te aperta, guardarei este pranto curioso, e na alcova a porei, como memoria de que vai tudo Ouro, e nada a Gloria!

Mas na verdade, esta sociedade não é tão agradavel e attrahente? disse D. Bertha com um sorriso ironico. Se a cega e a neta contam commigo para lhes fazer companhia, affirmo-te que lhes hei-de deixar muito tempo para se aborrecerem.

Os officiaes festejaram-as com o alvoroço, que mereciam suas qualidades e seus annos, simulando mesmo certa turbulencia, que a um observador mais habil, do que o João da Ventosa, pareceria mais do que suspeita, se attentasse para a expressão maliciosa dos olhos de Aubry, e para o sorriso ironico engatilhado nos labios de Lassagne.

João Lazaro ouviu impassivel esta rajada de indignação, sem perder um instante o sorriso meio amavel, meio ironico, que desde o principio lhe brincava nos labios. Tem razão disse elle por fim Mas que quer, minha querida? A sociedade é quasi sempre cruel e iniquia nas suas decisões; e ahi está precisamente um caso em que ninguem, da boa , poderá attribuir-lhe rectidão e justiça.

O juiz mandou-o prender e, assim que se encontrou dentro do deposito, olhou em volta e teve um gesto de receio. As bombas accumulavam-se em grande quantidade eram ás duzias. Mas o João Borges, que lhe seguia ironico os movimentos, apressou-se a socegal-o: Não tenha medo... estão descarregadas.

São amargas as verdades, não é assim? disse-lhe, sorrindo, o desembargador Mourão Mosqueira. V. ex.^a sabe o que diz, e eu sei no que hei de ficar respondeu com tom ironico o fidalgo, alanceado na sua honra, e na dos seus quinze avós. O desembargador retorquiu: Fique no que quizer; mas na certeza, se isso lhe serve d'alguma coisa, que Simão Botelho não vai á forca.

Tardava-lhe portanto entrar para , sem pensar que cada martellada, que apressava a conclusão das obras, era como dada no coração de sua filha, que quando lançava os grandes olhos negros ao retrato de Carlos julgava surprehender um sorriso ironico escarnecedor, sobranceiro, e chamar-lhe com desprezo a filha do agiota!